quarta-feira, 1 de junho de 2011

Chuck & Sarah (Chuck)


Falar de Chuck e Sarah é fácil, é delicioso, é quase uma terapia... Mas eu sinto que preciso dar um aviso básico: esse post vai conter spoilers do final da 4ª temporada de Chuck, que ainda não foi ao ar no Brasil. Se você acompanha só por aqui e não quer saber, melhor esperar um pouquinho...

(da minha parte esse é o último casal que eu não tenho em comum com a Adara. A partir da semana que vem, meus posts serão de casais que ela também admira com todo o coração, o que aumenta a pressão, né, mas eu farei o possível pra sobreviver... =-P)



A primeira coisa que um telespectador casual pode dizer sobre Chuck/Sarah é que não parece possível. Principalmente se o episódio casualmente visto for das primeiras temporadas, quando o Zac tinha cabelo estranho e o Chuck era mais nerd impossível - enquanto a Yvonne era mais do que linda e a Sarah não era menos do que é hoje... No fim das contas, é exatamente nesse ponto que está a graça do casal: no final do dia, eles não são tão diferentes assim...

No caso de Chuck, o ship não é um tormento como acaba sendo em outras séries. Curtir cada cena desse casal é fácil, faz bem e aquece o coração. Não que eles sejam livres de drama - até porque estamos falando de um programa de TV - mas eles são tão certos, tão claros, tão definidos como o casal central, principal e indiscutível, que o pouco drama que enfrentamos nas 4 temporadas que já tivemos de Chuck foram simplesmente a preparação para cada cena linda que eles têm desde que ficaram juntos...

O engraçado é pensar que o relacionamento deles começou lá na primeira temporada, quando o namoro era uma forma de encobrir o fato de o Chuck ter todos os segredos do país na cabeça e da Sarah ser a agente responsável por protegê-lo dos bad guys. E esse detalhe da storyline nos deu cenas incríveis e estranhamente constrangedoras, como quando eles tinham que fingir que estavam dormindo juntos, por exemplo, para manter vivo o disfarce do namoro...

O inevitável, é claro, aconteceu. Entre missões assustadoras, ex namorados e namoradas, Chuck e Sarah se apaixonaram.

Clichê? Talvez até seja, mas o charme de Chuck está na forma como eles escolhem lidar com as histórias que criam, mesmo aquelas que, a primeira vista, são tudo menos originais.

Acho que o mais curioso sobre Chuck & Sarah é que as óbvias diferenças entre eles não são tantas assim - e isso vai ficando cada vez mais claro com o passar dos episódios. Além disso, eles se completam daquela forma bem clichê e oh so adorável que a gente pode até reclamar, mas que adora...

A Sarah tornou o Chuck mais adulto, mais responsável. Ela fez com que ele tivesse auto estima, ensinou-o a ter responsabilidades e a arcar com as consequências dos seus atos. A gente faz piada com o cabelo do Zac e com o fato do Chuck, a partir de um certo momento, ter se tornado mais atraente (enquanto o Zac sempre foi bastante admirado, sejamos sinceras - =-P), mas eu acho que não é necessariamente coincidência. O "crianção" das primeiras temporadas foi, pouco a pouco, crescendo, amadurecendo. Foi se tornando o homem que ele sabia que tinha que ser por ela... Quer exemplo melhor do que o final dessa 4ª temporada?  Chuck se colocando como o espião que aprendeu a ser com ela, fazendo tudo o que precisava ser feito, abrindo mão de TUDO, fazendo ameaças e se comprometendo, tudo por ela?

Enquanto isso, o Chuck tornou a Sarah mais sensível. Ele trouxe à tona a mulher - a menina - que ela foi obrigada a esconder para se proteger das mágoas. Ela assumiu que se apaixonou por ele lá no começo, naquele primeiro momento, e isso é a maior prova do quanto eles se completam. Porque aquela Sarah dos primeiros episódios, era uma Sarah bem diferente da que a gente conhece agora. Aquela Sarah se protegia, aquela Sarah era fria, aquela Sarah fazia de tudo para não se importar. Depois que o Chuck entrou na vida dela, a Sarah aprendeu a amar. Pura e simplesmente, com todo o coração. Hoje, a Sarah que enfeita nossas telas toda a semana não deixou de ser uma espiã fora do comum, mas ela é uma mulher que tem sentimentos, que chora, que luta por aqueles que ama...

Então quando a gente fala que eles se completam, é exatamente por causa disso. Porque eles se tornaram pessoas melhores por causa um do outro. E o melhor disso tudo: isso aconteceu, em sua maior parte, enquanto eles estavam juntos! Apesar de eles terem ficado uma parte da série separados - e essa separação nem conta, porque eles eram praticamente um casal - nos quase dois anos que ficaram juntos (meo deus, foi tudo isso? O.o) foi que o crescimento realmente fez a diferença...

E tudo isso culminou no que foi um LINDO casamento - casamento esse que, não tenho medo de dizer, foi uma das coisas mais lindas que eu já vi na TV. Eles escreveram seus próprios votos e nas palavras deles, eu acho que tudo que eu escrevi ali em cima ficou bem claro...

Então, resumindo? Chuck & Sarah são aquele tipo de casal óbvio desde o começo, mas que consegue ser surpreendente a cada semana. Uma cena inesperada aqui, uma reação diferente ali, muitas risadas e algumas lágrimas e você tem uma linda - e completa - história de amor...

6 comentários:

Polly disse...

BLESS THIS POOOOOOST!!!!
I wanna have babies with this entry!

C foi spot on na parte onde vc explica as mudanças em cada um. Sei nem o que dizer...c falou tudo!

Adara disse...

Li tudinho hein!! :P

Não posso opinar muito a não ser no fato de que eles são pretty juntos... is that okay?

Adriana disse...

CHARAH *____________*

Mírian Belotti disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mírian Belotti disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mírian Belotti disse...
Este comentário foi removido pelo autor.